O que são sistemas supervisórios?

homem mexendo em tela em ambiente industrial

Sistemas supervisórios

Os avanços tecnológicos dos anos 70 e 80, fizeram o computador e o surgimento de microprocessadores indispensáveis na indústria. Com isso, se desenvolveu-se os sistemas supervisórios. A Protaquions implementa e desenvolve softwares de sistemas supervisórios.

Sobre a Protaquions

Com mais de 28 anos no mercado de automação e sistemas industriais, a Protaquions é reconhecida pela política de alta qualidade de seus serviços e tecnologia. A empresa cria soluções inteligentes destinadas aos mais diversos segmentos industriais como: metalurgia, óleo, gás, químico, alimentício e embalagens.

Basicamente, um sistema supervisório é usado para obter e armazenar informações sobre o processo de produção. Estes dados são capturados por sensores específicos (conhecidos como variáveis de processo), da planta industrial. Esse tipo de sistema oferece ao operador mais facilidade para manuseamento da linha de produção.

Baseado no histórico das informações adquiridas, se torna possível tomar ações proativas para maximizar a produção da fábrica. Ele sinaliza, em tempo real, falhas no processo e registra no banco de dados, para tornar o ambiente mais produtivo.

O sistema permite que o operador não esteja, obrigatoriamente, dentro do chão da fábrica, assim, se pode alterar algo no processo de qualquer local. Pois, ele gera relatórios precisos de todo ambiente, inclusive alarmes e tendências.

A partir das informações geradas em tempo real, permite identificar falhas e consequentemente otimizar as tomadas de decisão para manter a planta em operação (rodar o maior tempo possível sem paradas).

 

Protaquions oferece soluções customizadas e integradas nas áreas de projetos elétricos, pneumáticos, mecânicos e de automação. Bem como, monitoramento e controle de processos, fabricação, manutenção e reparos de equipamentos criogênicos.

Para consultar nossos serviços de Automação Industrial, entre em contato clicando aqui.

Related Posts

Write a comment